Adeus Barriga

EU FUI GORDO 24 ANOS. QUER CONTINUAR SENDO?

SÉRIE-TÉCNICAS ESTILO DE VIDA

ESTILO DE VIDA – EVITE A ALIMENTAÇÃO AUTOMÁTICA

Perceber a alimentação e maximizar o prazer em se alimentar. Este o segredo para evitar a alimentação automática.

Ah… não sabe o que é alimentação automática? – vou dar um exemplo.

Você tem o costume de sentar na frente da televisão para comer bolacha recheada (não uma, ou duas…, mas UM PACOTE OU DOIS), porque não percebe o quanto come nem o que comia… simplesmente vai assistindo televisão e colocando pra dentro tanto as informações televisivas quanto as calorias engordativas… e, se lhe perguntarem de que sabor era o biscoito… muitas vezes não saberia responder. ISTO é alimentação automática.

Quando maximizamos o prazer e damos atenção aos alimentos, podemos até dizer os ingredientes deles… se tem canela, gengibre, nozes, ou seja lá o que for… pois ficamos com o paladar aguçado. Sentimos a textura, o aroma… e também mastigamos de forma correta, mais vezes, e a respiração acompanha. Não precisamos beber líquido algum, pois a salivação ajuda a decompor o alimento (não precisamos do líquido para “empurrar” a comida).

Você já pensou na qualidade do tempo que dedica à sua refeição? No prazer que pode ter sem se sentir angustiada por ter comido demais? Porque o prazer não é comer muito, mas comer bem, saborear e sentir-se feliz. E quando fazemos coisas automaticamente, não permitimos que nossa mente se organize para sentir o prazer e a satisfação de se estar alimentando.

Preste atenção aos seguintes fatores:

Ambiente – sente-se à mesa, procure não se alimentar na sala, assistindo televisão, nem na frente do computador. Para alimentar-se existe o local correto, que é na cozinha ou na sala de jantar ou restaurante.

Mastigação – quanto mais vezes mastigar, melhor diz um sábio Chinês do alto dos seus cento e alguns anos que cada garfada deve ser mastigada 30 X (e isto vindo de alguém centenário, deve ser verdade)

Tempo de alimentação – não deve ser menor do que 20 minutos para que o cérebro receba a mensagem de satisfação

Líquidos – beba 30 minutos antes ou depois da refeição, nunca às refeições.

Respiração – se você estiver ofegante, sua alimentação seguirá o mesmo ritmo; portanto, respire profundamente e acalme-se antes de se alimentar (o mesmo vale se você estiver nervosa ou estressada)

Postura – procure manter a postura para fazer sua refeição, sentada, nunca se alimentando em pé ou caminhando.

***********

Série Técnicas Apoio

Cada pessoa é um ser único. Precisamos buscar sempre uma forma de exercer nossa individualidade e nossa forma de fazer as coisas que queremos da forma que menos nos cause dor. Por isso, para que este momento de metamorfose, mudança de hábitos – e de vida – seja prazerosa e traga consolidação da rotina, é importante que observemos como é nossa maneira de ser, de viver e de reagir aos estímulos.

Algumas pessoas se sentem inseguras, a princípio, para fazer esta mudança sozinhas. Uma dica, então, é procurar alguém com quem possa dividir seus anseios, seus objetivos e ter também suporte nas horas difíceis, os blogs e as comunidades de pessoas com experiências positivas são ótimos conselheiros. Um parceiro, companheiro ou amigo poderá ser de grande ajuda nestas horas, seja para incentivar, aconselhar ou mesmo para motivar nas atividades físicas.

Procure encontrar esta pessoa. Através de uma conversa com pessoas próximas a você, com certeza haverá alguém que esteja disposto a enfrentar esta empreitada. Fazer compras juntos, bater papo sobre as dificuldades, consolar nas horas difíceis. Às vezes um amigo virtual COM BONS RESULTADOS OU CONSCIENTE NA “caminhada”também ajuda muito. Cuidado aqui com os ladrões de sonhos: Há isso não vai dar certo; hi!!! outra dieta, vc é gorda (o) isso é Hormonal (não há problema hormonal que te engorde, nós so engordamos porque ingerimos mais calorias do que queimamos e o resto são desculpas de ladrões de toda a espécie)….conhecem, na maioria são invejosos que não conseguiram e não querem que ninguém à sua volta consiga. Ainda hoje há pessoas que dizem para a Carol:”mas vc ainda está magra?” Cuidado estes são os ladrões de sonhos. Já viram os que dizem, eu não emagresso porque não quero é só fechar a boca. (ISTO ENGORADA) há eu passo a comer mais verdura e fruta e emagraço quando quiser: (A este nunca ninguém disse que o elefante, o maior Herbifero da terra tem também a maior camada de gordura. Se Alimenta de pasto frutas e brotos de árvores.)Tem ainda os que vão emagrecer comendo só peixe. (estes nunca lhes disseram que a Baleia o Maior mamífero da terra só se alimenta de peixe e matam-na para extrair o Óleo, claro que de sua gordura.) ou seja nada disto, assim como dietas restritivas funciona.

Fator muito importante é conversar também com sua família para que eles dêem apoio e auxílio.(Se não derem e às vezes não dão porque acham que gostam de vc. IGNORE-OS. AME-SE) Explique a importância deste processo para você e o quanto ficará feliz em obter bons resultados. Peça para que evitem insistir no preparo de alimentos não adequados e, se for o caso de prepará-los, que não insistam que você os coma. Também, que não ridicularizem suas atitudes,(Nada que vem de fora pode atingi-la(o) a menos que vc permita) seus esforços e, também, suas decepções, fazendo com que se sinta pior por ter fraquejado.Não há porque fraquejar. FAÇA.

E, caso você que esteja lendo não esteja em fase de emagrecimento, mas conheça alguém que esteja, gostaria que ficasse ciente que a obesidade é causa de muita dor e sofrimento, sendo muito importante a compreensão e o apoio às pessoas que estão tentando resolver-se e querendo de alguma forma conseguir emagrecer e ser mais felizes.

VAMOS LOGO COMEÇAR E LEVAR ISSO A SÉRIO AMEM-SE.

Série: Técnicas Atitudes (Parte I)

Não tenha sonhos impossíveis em relação ao peso. Se o seu projeto de felicidade inclui a busca de um corpo belo e saudável, somente a busca realista poderá fazer com que a realização do seu objetivo a faça sentir-se plena.

Estou lendo “O Vendedor de Sonhos” – de Augusto Cury e há um capítulo muito interessante em que o “Vendedor” fala justamente sobre o tópico da minha postagem de hoje: estereótipos.

Objetivamos, muitas vezes, tornar o nosso corpo algo inalcançável, que nos foi inconscientemente imposto pelo sistema da moda, da ditadura da beleza e que muitas vezes pode nos trazer transtornos pro corpo e, pior, pra alma…

O livro é muito bonito e traz ensinamentos, idéias de modificação de comportamento para aqueles que estejam dispostos a “comprar” sonhos e, quem sabe, também ajudar a vendê-los.

Se me permitem, gostaria de compartilhar com vocês algumas passagens do livro que nos ajudam a refletir sobre a ditadura da beleza, padrões de beleza e também a influência deles no inconsciente coletivo.

O estereótipo do belo, no mundo da moda, começou a ser formado pela exceção genética – o corpo de jovens completamente fora do padrão comum como protótipo de beleza, trazendo conseqüências desastrosas no inconsciente coletivo.

Esta exceção virou regra: crianças transportaram as bonecas Barbies com seu corpo impecável para o teatro da vida, adolescentes transformaram as modelos em um padrão de beleza inalcançável e milhões de mulheres passaram a buscar compulsivamente o estereótipo, como se fosse uma droga.

Qual foi o resultado disto? Quando as mulheres pensavam que estavam voando livremente, o sistema tosou-lhes as asas com a “síndrome da Barbie” e muitas desenvolveram transtornos como anorexia nervosa, bulimia… o desespero para alcançar o estereótipo do belo fê-las adoecer profundamente e estancou o que jamais conseguimos estancar naturalmente: o instinto da fome.

E o “Vendedor de Sonhos” trouxe uma informação interessante e deveras verdadeira: “noventa e sete por cento das mulheres, em algumas sociedades modernas, não se vêem belas”.

Se refletirmos, é isso mesmo. Quando nos olhamos no espelho, procuramos nossa beleza ou sempre estamos à espreita por encontrar uma nova ruga, linha de expressão, um sinalzinho novo ou alguma imperfeição antes não percebida? – Isso falando apenas do rosto, porque do corpo… mesmo aquelas que consideraríamos perfeitas, sempre encontram uma celulitezinha, peitos um pouco caídos pra reclamar… Ou seja, consta que nós mulheres, somos lindas, possuímos a delicadeza do olhar, de movimentos, doçura para manipular nossos sentimentos, sabemos construir laços de amizade, amor e afeto de uma maneira ímpar, pois somos sensíveis e não temos medo de demonstrar o que sentimos, mas nos esquecemos de prestar atenção em nós mesmas. Nos esquecemos de amar, dar carinho, atenção e, acima de tudo, RESPEITAR a nós mesmas!

Uma frase maravilhosa do “Vendedor” , da qual não podemos nos esquecer jamais: TODA MULHER É BELA. A BELEZA NÃO PODE SER PADRONIZADA.

Portanto, a busca do emagrecimento pode ter vários motivos e significados na vida de uma pessoa. Isso todo mundo já sabe. Por qualquer motivo que seja, deve levar ao autoconhecimento e, sempre, ter como meta o EQUILÍBRIO. Sendo assim, cada um terá o seu ponto de equilíbrio e saberá quando o encontrar.

A Carol, por exemplo, é uma mulher grande. Alta e tem composição óssea pesada. Fez natação durante um tempo e ficou com ombros largos. Se a sua meta de emagrecimento fosse ficar como a Jennifer Lopez, a Angelina Jolie ou como a Übermodel Gisele… será que não estaria hoje frustrada, triste, desmotivada??? Na busca de uma vida saudável e de emagrecer para ser mais feliz, para poder realizar o sonho de fazer tantas coisas que não me eram permitidas por conta de tantos quilos que me pesavam sobremaneira, foi em busca do equilíbrio e não em busca do estereótipo. Não quis ser Gisele, Angelina, Meg, Kate ou seja lá que ícone fosse… quis ser ela mesma. E aprendeu a se gostar a cada passo que dava em busca da realização dos seus sonhos. Procurei sua beleza interior e ela mostrou-se do lado de fora também.

Espero que você também possa, da próxima vez que se olhar no espelho, ver-se como se fosse a primeira vez e, a partir deste momento passar a amar e perceber a beleza que existe neste ser especial que é VOCÊ!

MOTIVE-SE

*********

Série Técnicas

Atitudes (Parte II)

Para que uma mudança possa ser realizada em seu corpo, ela deve ser iniciada na sua mente.

A técnica de hoje, eu poderia dizer que é senão a mais importante, um dos pilares fundamentais para a completa metamorfose: A prioridade é seu comportamento e não seu peso.

Por isso, concentre-se nas transformações que precisam ser feitas no pensamento, em suas ações, na maneira como lida com seus sentimentos, suas reações, toda a rotina de desejos, ansiedades, frustrações e a maneira como você lida com tudo isto.

Se pensarmos que somos resultado não só das calorias ingeridas, mas do universo de funções que nos cercam, poderemos chegar ao cerne do problema e conseguir solucioná-lo.

“Para que uma mudança possa ser realizada em seu corpo, ela deve ser iniciada na sua MENTE.”

– Pois é – reparem, nada absolutamente nada existirá, sem que antes tenha sido um sonho. Tudo começa na mente. – Ou não será.

Vamos lidar com problemas? Caneta e papel:
O que me aflige? Como resolver?

Responda em seguida esgotando as possibilidades.

Escolha o caminho a tomar.
Aceite o Pior. (isto jamais lhe acontecerá)

E parta para a ação.—

É bom que se saiba, que matemática e estatística são ciências exatas,95% das coisas que nos afligem, nunca nos aconteceram.

E Normalmente nos acontece o que mais tememos – e o motivo é simples. Nos concentramos nas preocupações, lhes damos atenção e energia portanto estas se materializam.Ou Seja nossos pensamentos mais latentes se transformam em AÇÃO, controle o que pensa.

Estude o problema, identifique-o decida o que vai fazer, e faça.Não Saia do caminho traçado para a solução, afinal vc já estudou o problema.

– Você vive suas emoções?

Tristeza, solidão, angústia, felicidade, ansiedade, medo, euforia, consternação, frustração, …

Qual o significado das emoções para você. Você as vive ou “as come”?(As emoções não podem nos fazer mal, o que nos faz mal é a forma como lidamos com elas.)“Vou dar um exemplo que todas devem ter visto: Novela das 8 a irreverente Isabel (menina insuportável.rsrsrs!!!) ontem estava em discussão o caso do novo relacionamento do “Bruno com a Helena” ela foi a única pessoa que encarou o fato de forma racional: “nós sabemos que não ouve traições, os atores não sabiam”mas o que a Isabel fez, a grosso modo: Se alguém foi “corno” já foi, é que nem dente só doi quando nasce, Gostamos do Irmão, e a Helena que seria nossa madrasta agora é nossa cunhadinha. Uma abordagem correta e que não dá margens a aborrecimentos. Ou seja nada que venha de fora te pode incomodar  a menos que vc permita, e isso depende do enfoque que se dá.”

Como é viver estas emoções?

Um exemplo: Você está ansiosa porque tem uma decisão a tomar e não sabe como esta escolha refletirá em sua vida. Como viver esta ansiedade? – Difícil pensar o sentido ‘viver” neste caso, não é?! Viver quer dizer encarar, encontrar as saídas, trabalhar o sentimento, enfrentar, buscar ajuda se for preciso, ter uma atitude positiva que a faça sair de um estado de inércia. – Neste caso, o que pode ser feito? Conversar sobre o assunto com alguém em quem confie, que tem mais experiência; anotar os prós e contras; conversar “consigo mesma” (é, refletir ajuda muito, o Papel e caneta de que falo acima); até mesmo fazer algo diferente para parar de pensar nisto por algum momento para “desanuviar” e poder fazer a escolha com a mente “mais limpa”. Estes são apenas exemplos. Temos que explorar as formas de tomar atitudes em nossa vida, não apenas com este sentimento, mas com os demais.

Se estou ansiosa e como somente para aliviar minha ansiedade, meu problema não será em nenhuma parte aliviado pelo fato de tê-lo aliviado daquela forma, até podendo acarretar um novo sentimento: a culpa.

Por isso, é preciso que passemos também a ter sensibilidade para diferenciar entre: fome, compulsão ou “gula”. Saber os sentimentos que são os “gatilhos” que desencadeiam uma alimentação descontrolada.

Viver as emoções é o primeiro passo.

E para que possamos nos concentrar em nosso comportamento, devemos nos conhecer melhor.

O autoconhecimento será a base para a sua metamorfose.

Santo Agostinho, quando perguntado sobre qual o meio prático mais eficaz de viver melhor, respondeu:

“Um sábio da antigüidade vo-lo disse: Conhece-te a ti mesmo.”

E dissertou:

O conhecimento de si mesmo é, portanto, a chave do progresso individual. Mas, direis, como há de alguém julgar-se a si mesmo? Não está aí a ilusão do amor-próprio para atenuar as faltas e torná-las desculpáveis? O avarento se considera apenas econômico e previdente; o orgulhoso julga que em si só há dignidade. Isto é muito real, mas tendes um meio de verificação que não pode iludir-vos. Quando estiverdes indecisos sobre o valor de uma de vossas ações, inquiri como a qualificaríeis, se praticada por outra pessoa. Se a censurais noutrem, não na poderia ter por legítima quando fordes o seu autor, pois que Deus não usa de duas medidas na aplicação de Sua justiça.

A melhor maneira de conseguirmos nos conhecer é a observação. Preste atenção na forma como você age em determinadas circunstâncias. Faça uma lista do que gosta e do que não gosta em si mesma. Trabalhe para se melhorar. Você verá como sua autoestima irá melhorar e, estando mais bonita por dentro, seu corpo vai seguir o rumo da alma!”All is in a state of a mide” Tudo parte do seu PENSAMENTO.

Auto-conhecimento, quer se exercitar? Deve, então faça rsrs

Como diz uma Amiga:

“NADA É IMPOSSÍVEL PARA QUEM ACREDITA”

Ela tem Razão Vc também PODE

Leiam Também: Pequenas ações grandes resultados

Pensamento e ação: o Poder do relaxamento

Anúncios

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: