Adeus Barriga

EU FUI GORDO 24 ANOS. QUER CONTINUAR SENDO?

ALERTAS!!!!

Não ultrapasse seus limites 

Até onde vai o limite de cada um? Até quando o corpo e a mente resistem às pressões e à vontade de desafiar as próprias habilidades? Não dá para saber, mas especialistas afirmam que é impossível determinar quem tem mais capacidade de suportar os “perigos” de um esporte mais pesado, de uma situação de pânico, frio e fome e o aumento de adrenalina que isso pode provocar.

Ninguém duvida de que praticar exercícios físicos faz bem à saúde. Atletas ou não, muitas pessoas conseguem, com um bom condicionamento físico e psicológico, manter o equilíbrio, não só corporal, como também na vida pessoal e profissional. Mas há pessoas que exageram: de repente, sem nenhum preparo, se aventuram a escalar montanhas, a participar de corridas de longa distância e até a fazer vários esportes ao mesmo tempo.

É claro que alguém que tenha costume de praticar exercícios melhora também os hábitos alimentares, aprende a controlar a ansiedade e tem disposição para trabalhar. Mas fatores como a idade, a pressão arterial, a condição cardiorrespiratória e a predisposição genética podem influenciar a maneira como a pessoa lida com essas dificuldades.

As adversidades do ambiente também podem ser superadas, dependendo da experiência individual: um atleta que pratica trekking (caminhada em regiões íngremes) tem condições físicas diferentes das de um triatleta, que se exercita nadando, pedalando e correndo. Quem já é atleta também suporta melhor o frio e o calor, pois tem mais facilidade para transpirar e, portanto, queimar a energia do corpo.
Mas até quando?

O tempo é uma incógnita nessas situações. Dependendo do esporte que é praticado, podem ser necessários um, dois, seis meses e até mesmo um ano ou dois. Novamente, os fatores determinantes são o condicionamento físico e psicológico, a história de vida de cada um e o objetivo da preparação.

Cada modalidade esportiva exige técnicas diferentes, e o nível de profissionalização também conta. Assim, para fazer um curso técnico de mergulho, são necessárias algumas semanas. Vencer uma maratona, prova em que o atleta percorre 42 km, pode exigir até seis meses de treinamento. Para estar com um corpo perfeito e ser campeão, o fisiculturista pode levar até dois anos.

E não é só isso: os treinos físicos devem estar aliados à boa alimentação e ao acompanhamento médico e psicológico, para evitar risco de desnutrição, gasto excessivo de energia, problemas cardíacos e desequilíbrio emocional, levando-se em conta até a possibilidade de derrota.
Respeite o seu corpo

Se esses cuidados não forem tomados, o esportista corre o risco de não suportar a prova, e a frustração pode ser traumática. É comum acontecerem lesões, perda de oxigênio e até mesmo um infarto.

Por isso, as atividades devem ser adequadas a cada pessoa ou ao objetivo que ela quer alcançar. A prática de esportes por prazer exige menos do atleta do que a intenção de competir e ganhar uma prova.

Outra diferença está no tipo físico. Homens, em geral, são mais velozes, mais fortes e têm mais resistência a provas de longa duração. E, ainda assim, em tarefas do dia-a-dia, também precisam de condicionamento. Se conseguir um emprego de estivador, por exemplo, no início vai carregar apenas um ou dois sacos da carga do navio sem que sinta dores no corpo. Depois de alguns anos, pode até mesmo, ter capacidade de fazer todo o carregamento sozinho. 

Anúncios

17/09/2010 Posted by | Exercícios | | Deixe um comentário